Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro do que acontece no mercado empresarial.

Jovens brasileiros investem mais em negócio próprio

Pesquisa mostra que empreendedores entre 18 e 34 anos já somam 15,7 milhões.

Ter a perspectiva de uma carreira profissional no serviço público ou em uma grande empresa já não faz parte do sonho de muitos jovens brasileiros. Cada vez mais eles empreendem mais cedo. Em alguns casos, há quem tenha escolhido deixar um bom emprego para começar um negócio próprio. É o caso dos amigos Thadeu Schettini e Rodrigo Ponte, idealizadores do aplicativo Beleza Certa. Eles abriram mão do emprego em uma empresa de consultoria para investir na plataforma digital de serviços de gestão completa para o promissor setor de beleza brasileiro, considerado o quarto maior mercado do mundo.

Na época, os jovens tinham menos de 30 anos e resolveram apostar, mesmo diante de um cenário de recessão econômica. Thadeu, que é engenheiro de produção, conta como iniciou o negócio. “Estava cortando o cabelo. E, por acaso, o cabeleireiro estava em busca de uma plataforma digital simples para gerenciar o salão. Vi uma oportunidade e chamei o Rodrigo para desenvolvermos a ideia”, diz. Em três meses, a dupla já estava testando o app. Atualmente, o serviço está presente em todos os estados do país.

A realidade dos amigos reflete nas estatísticas divulgadas recentemente pelo Global Entrepreneurship Monitor (GEM). Segundo os dados, o número de empreendedores entre 18 e 34 anos que estão envolvidos na criação do próprio negócio cresceu no ano passado. Já são 15,7 milhões de jovens que estão levantando informações para ter um negócio ou que já têm empresa com até três anos e meio de atividade. Um aumento de 7% comparado ao ano anterior. O estudo também mostrou que um em cada três adultos brasileiros entre 18 e 64 anos é empreendedor ou está envolvido na abertura do próprio negócio. Aumentou de 57% para 59% o percentual de brasileiros que empreendem por oportunidade.

“Sempre sonhei em empreender, mesmo com os contratempos que envolvem ter o próprio negócio no Brasil. Com o conhecimento que adquirimos ao longo desse tempo, queremos ajudar cada vez mais nossos clientes a desenvolverem seus negócios de forma profissional com preço acessível”, explicou o empresário Rodrigo Ponte.

MOTIVAÇÃO

Ainda segundo o relatório GEM, considerando as diferentes faixas etárias, os jovens de 25 a 34 anos foram os mais ativos na criação de novos negócios em 2017. Isso significa que 30,5% dos brasileiros nessa faixa etária estão tentando criar um negócio ou já são proprietários e administram um empreendimento em estágio inicial, com até três anos e meio de criação. Em seguida, nesse ranking aparecem aqueles ainda mais jovens, de 18 a 24 anos, com 20,3% deles envolvidos na criação de novos negócios.

Por RENAN SCHUINDT

https://odia.ig.com.br/economia/empregos-e-negocios/2018/07/5554466-jovens-brasileiros-investem-mais-em-negocio-proprio.html

rocharrlJovens brasileiros investem mais em negócio próprio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *